a Bombinhas em Foco ( 18/12/2017 ) a

Primeira blitz para autuar motoristas estrangeiros termina com 18 visitantes multados em SC

O argentino Andres Martinez, de 39 anos, seguia em direção à Praia de Quatro Ilhas, na cidade de Bombinhas, quando foi parado na operação realizada por entidades de trânsito em Santa Catarina. A viagem foi interrompida, nesta quinta-feira, porque ele não portava os documentos do carro. Assim como Martinez, outros 18 visitantes de outros países foram multados na primeira blitz após a criação do sistema de multas para estrangeiros do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

A primeira operação para por fim a impunidade nas infrações de estrangeiros foi realizada no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Biguaçu da corporação em conjunto com o Detran, Polícia Militar e as guardas municipais de Florianópolis e São José. Foram fiscalizados 120 carros, que resultaram em 18 autuações, 90% delas de turistas da Argentina. O restante eram de uruguaios e paraguaios. A maioria das multas foram aplicadas pelo não uso do cinto de segurança, ocupação de passageiros acima do permitido e falta de documentos obrigatórios, como o seguro carta verde (necessários para automóveis que viagem para os países do Mercosul).

Além das multas, 10 carros foram retidos principalmente por os motoristas não portarem os licenciamentos dos carros. A van da paraguaia Lúcia Cabral, de 40 anos, foi uma das que ficaram no posto da PRF. A advogada viajava com a família e amigos para a Joaquina, em Florianópolis. O veículo foi parado e o marido de Lúcia teve que pegar um táxi até Itapema, onde estavam instalados para buscar o documento. Eles terão de pagar duas multas antes de sair do Brasil, pois o carro com oito lugares também estava com excesso de passageiros. No total, 11.

— Deixamos o documento na casa onde nos hospedamos, pois estávamos com medo de nos roubarem. Há 10 anos nós viemos para cá e é a primeira fez que passamos por uma blitz — conta Lúcia, que teve o discurso muito parecido com os demais motoristas flagrados infração.

As multas lavradas pelos órgãos de fiscalização estadual e municipal ficam registradas em um sistema criado pelo (Detran/SC) em novembro e que já somou cerca de 480 multas. A PRF conta com um sistema próprio e tem registrado 1.807 infrações em 2012 e 47 neste ano.

Como a PRF já cadastra as infrações de estrangeiros há anos, seis visitantes que estavam com multas em aberto receberam uma guia de pagamento do Banco do Brasil e tiveram que deixar o documento do carro no posto (ficando com um recibo informando que a licença estava apreendida com a PRF) e só retirar depois de tudo quitado.

— Queremos mostrar que o turista que vem para Santa Catarina é bem vindo, mas tem que andar dentro das normas — afirma o chefe de comunicação da PRF, Luiz Graziano.

Em razão da blitz, houve filas de até cinco quilômetros no sentido Norte-Sul e de dois quilômetros do outro lado. Também foram distribuídas cartilhas educativas e todos os motoristas parados passaram pelo teste do bafômetro.



Fonte: DIÁRIO CATARINENSE (Florianópolis – SC)

 

 

 

 

 

 

banner

Copyright © 2007 Todos os Direitos Reservados - Fazendo Site