a Bombinhas em Foco ( 17/12/2017 ) a

Para garantir segurança caixas são desativados na região

Quem precisa sacar dinheiro no Vale do rio Tijucas e nas cidades litorâneas da Costa Esmeralda está ficando sem opções a não ser as agências bancárias. As redes de supermercados e postos de combustíveis que dispunham de caixas eletrônicos estão desativando os serviços em função da onda de ataques com explosivos que atinge o estado desde o ano passado. A situação deixa ainda mais frágil a infraestrutura das cidades, que são carentes de serviços bancários e convivem com poucas superlotadas agências bancárias.

“Foi uma opção que fizemos por questão se segurança. Não adianta oferecer um serviço que coloca em risco a vida dos nossos clientes”, explicou a gerente de marketing da rede de supermercados Koch, Elisabete de Souza Steil. Depois que caixas foram explodidos em lojas da rede em Tijucas e Itapema, a empresa decidiu rescindir o contrato com o banco Bradesco. O supermercado não pretende reativar o serviço enquanto os roubos aos caixas eletrônicos não forem controlados pelas autoridades. “Os nossos clientes continuam contando com a opção do pagamento de contas em nossos caixas de compras, que continua operando normalmente”, acrescenta.

A rede de supermercado Schimit tomou a mesma decisão, rescindindo os contratos para as lojas de Bombinhas e Itapema. Os caixas eletrônicos nas ruas também estão ficando escassos. Depois da explosão no posto Angeloni, em Porto Belo, restam mais dois, em Porto Belo e Bombinhas, ambos do banco Itaú.



Fonte: NOTICIAS DO DIA (Florianópolis-SC)

 

 

 

 

 

 

banner

Copyright © 2007 Todos os Direitos Reservados - Fazendo Site