a Bombinhas em Foco ( 18/12/2017 ) a

Hospital Municipal deve reabrir antes do início da temporada de verão

Na manhã de ontem (19), foi realizada no Plenário da Prefeitura Municipal de Itapema, uma coletiva de imprensa para o lançamento do cronograma de reabertura do Hospital Municipal. Na ocasião, estiveram presentes o prefeito Sabino Bussanello, juntamente com a vice-prefeita Maria Luci da Silva, o secretário de Saúde, Roberto Ruiz, o procurador-geral do Município, André Beviláquaa presidente da Câmara de Vereadores, Nilza Simas, representantes da sociedade civil organizada, além da mídia local.

Durante a coletiva foram apresentados os planos do Município em relação à reabertura do hospital, sendo que a Prefeitura de Itapema, através do decreto 87/2010, declarou estado de emergência médico hospitalar na cidade, retomando a posse do Hospital Santo Antônio ao Município. O decreto retoma ainda para o Município todas as instalações e os equipamentos médicos e cirúrgicos necessários para regularizar o funcionamento da unidade. A previsão é que a ala pediátrica e o Pronto Atendimento 24 horas estejam reabertos em até 15 dias.

"A intenção é reabrir as portas da entidade o mais rápido possível, principalmente pela proximidade da temporada de verão", afirma o prefeito Sabino Bussanello.

Desde o fechamento do Hospital Municipal, que aconteceu de forma unilateral, em 31 de março deste ano, o prefeito Sabino, juntamente com o secretário de Saúde, Roberto Ruiz estiveram realizando viagens aos hospitais de Passo Fundo-RS, Curitiba-PR, além de hospitais regionais, como o de Balneário Camboriú e Itajaí. A intenção era visualizar modelos de gestão interna e externa para analisar os melhores e possíveis modelos a serem aplicados no Hospital de Itapema.

Com o lançamento deste cronograma de reabertura, fica estabelecido que o objetivo é fazer com que as dependências do Hospital retornem ao Poder Público. "Percebemos a importância da humanização da Saúde para nosso município e estamos buscando viabilizar uma alternativa para a população, dinamizando de forma regional. Por isso, foi estabelecido este decreto de emergência pública hospitalar", ressalta Sabino.

Para que o Hospital possa de fato reabrir suas portas, umas das principais etapas será a reforma e reconstrução do espaço. Para tanto, o prefeito convocou a comunidade para que se engaje na campanha "O Hospital é Nosso!", a fim de facilitar a reabertura da entidade. "Estamos fazendo os levantamentos técnicos com nossa equipe de arquitetos e profissionais da saúde, e vamos ter uma noção de que materiais precisamos para fazer as reformas, e para isso, precisamos de toda ajuda possível, de empresários, de entidades e da comunidade em geral", ressaltou Sabino.

Hoje, o custo mensal do Hospital Municipal totaliza R$ 81 mil. O secretário de Saúde, Roberto Ruiz afirmou que para que o Município consiga reabrir e manter a entidade - no que diz respeito às especialidades oferecidas, equipamentos, entre outros -, é necessário retomar a relação com a iniciativa público-privada. Outras possibilidades são o financiamento Federal, e ainda, agregar parcerias e recursos. Estas propostas estão sendo estudadas e apresentadas também aos municípios vizinhos - Bombinhas e Porto Belo - que também utilizam os serviços de Itapema.

Logo após o fechamento do Hospital foi instalada uma Unidade de Pronto Atendimento no Bairro Várzea. Com a reabertura do Hospital, a intenção é transportar os serviços do Pronto Atendimento para a entidade, inclusive os leitos. O repasse das atividades de assistência ambulatorial e hospitalar estabelecido neste período com o Hospital de Balneário Camboriú, também irá de ser rediscutido, logo a cidade de Itapema volte a contar com o Hospital Municipal.

Entenda a história

Conforme a Lei Municipal 853 de 1993, a Prefeitura desapropriou uma área e destinou-a para a construção de um Hospital, onde funcionavam as instalações do Hospital Santo Antonio.

Por conta de problemas administrativos, o hospital não estava atendendo satisfatoriamente as demandas, e quase fechou as portas em dezembro de 2009. Durante este período, principalmente após o início da atual administração, todos os esforços foram feitos para manter o hospital em funcionamento, aumentando consideravelmente os valores dos repasses.

Em março de 2010, quando ocorreria a renovação do contrato com o INFAS, a instituição que geria o hospital, após um mês de discussão a respeito de renovação, o gestor do INFAS informou sua decisão unilateral de não renovar o contrato com o município, devolvendo toda a estrutura hospitalar a Empresa Ioppi & Ioppi Ltda, que fechou as portas do Hospital em 2 de abril de 2010.

De imediato, para suprir a demanda do Município em relação aos atendimentos de urgência e emergência, inaugurou em 1º de abril de 2010, a Unidade de Pronto Atendimento do Bairro Várzea.

Desde então, o Governo Municipal vem concentrando esforços no sentido de buscar novas parcerias que possam contribuir com a reabertura do Hospital, destacando ações junto a grupos médicos de Balneário Camboriú, Curitiba e Passo Fundo, entre outras. Também foram convidados os prefeitos de Porto Belo e Bombinhas com seus secretários de saúde, assim como vereadores de Itapema, Porto Belo e Bombinhas para discussão sobre a falta de um Hospital na microrregião.

Com a proximidade da temporada de verão, que segundo as informações atuais deverá trazer ainda mais turistas para a cidade em relação ao ano passado, a Secretaria de Saúde entendeu que apenas o Pronto Atendimento 24 horas não conseguiria atender toda a demanda de atendimentos e por isso, avaliadas todas as alternativas jurídicas cabíveis a respeito, o prefeito decretou o retorno do terreno do Hospital ao município, requisitando suas instalações e equipamentos médico e cirúrgicos, e diz que todas as obrigações que vierem a ser determinados pelo Poder Judiciário serão cumpridas, em relação ao prédio edificado em lote desapropriado pelo município para finalidade de construção de Hospital.




Fonte: JORNAL O ATLÂNTICO (Itapema - SC)

 

 

 

 

 

 

banner

Copyright © 2007 Todos os Direitos Reservados - Fazendo Site